Cenário da pandemia deve piorar antes de melhorar, alerta OMS

O diretor de emergências da OMS, Michael Ryan, ressaltou que o "segundo ano da pandemia pode ser mais duro do que o primeiro"

Foto: ERNESTO BENAVIDES / AFP


Representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) demonstraram preocupação com o quadro atual da pandemia, em sessão online de perguntas e respostas. A epidemiologista Marie Van Kerkhove afirmou que espera uma piora da situação em diversos países, após os feriados de fim de ano. "Precisamos seguir com restrições antes de distribuição ampla de vacinas", disse.

A médica defendeu que, para que consigam manter o lockdown, os governos devem garantir apoio à população. Sobre as novas variantes do coronavírus, ela comentou que é normal que haja mutações e que é preciso mais informações para analisá-la.

O diretor de emergências da OMS, Michael Ryan, ressaltou que o "segundo ano da pandemia pode ser mais duro do que o primeiro".

Ele alertou para o risco de que parte da população global fique sem acesso às vacinas, caso a tecnologia não seja compartilhada. "Todas as regiões registram avanço do vírus, com exceção do Sudeste Asiático", pontuou.

Estadão

Comentários