Ocupa Uesb: Estudantes fazem também mobilização nesta tarde no centro da cidade

Desde a última sexta-feira (21), estudantes ocuparam a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), campus de Vitória da Conquista, por tempo indeterminado. Os discentes são contrários à PEC 241/16, a Reforma do Ensino Médio e ao Programa Escola Sem Partido.

Os portões da Uesb estão fechados e atividades de ensino estão suspensas. Apenas o CEUAS - Centro Universitário de Atenção à Saúde -, CETEP - Centro Territorial de Educação Profissional de Vitória da Conquista -, Escola Municipal Bem-Querer e atividades laborais imprescindíveis e inadiáveis estão sendo liberadas.

Na tarde desta segunda-feira (24), uma mobilização será realizada também na Praça 9 de Novembro, das 14h às 20h. O ato terá uma palestra sobre democratização da comunicação, que será ministrada por Alex Herzog, do Coletivo Intervozes, e às 20h, voz e violão com Lucas e Gusmão.

Na manhã desta segunda-feira (24), o Redação Mega conversou com Taís Oliveira, estudante do curso de Comunicação da Uesb.

Ocupação, medidas do governo Temer, articulação com outras instituições educacionais do estado e também com o IFBA de Vitória da Conquista, que está ocupado desde o dia 18 de outubro, além de ajuda com itens aos estudantes, foram alguns dos assuntos comentados sobre a ocupação da Uesb.

Ouça aqui a entrevista