Novo podcast original Spotify aborda teorias da conspiração

O programa é apresentado pela pela escritora e psicanalista Paula Febbe

Foto: Patricia Del Sole/Divulgação


Estreou na última quinta-feira (11), o podcast ‘Teorias de Quinta’. Um original Spotify, apresentado pela escritora e psicanalista Paula Febbe, autora brasileira de diversos livros de terror. Produzido pela Pod360 – maior hub brasileiro dedicado exclusivamente à produção e gestão de podcasts profissionais – o programa tem episódios semanais que levam ao público histórias de fantasmas, assombrações e lendas aterrorizantes, acompanhadas das teorias da conspiração mais elaboradas, as famosas Creepy Pasta. 

Nesse podcast de gelar a espinha, Paula conduzirá os ouvintes para um mundo de horror e obscurantismo, atravessando o véu da sanidade para explorar o desconhecido de forma completamente absurda e bem humorada. 

 

“Pouca gente sabe, mas os autores de terror geralmente têm muito bom humor, e o Teorias de Quinta mostra esse absurdo que o terror carrega e vice-versa. Diretamente das catacumbas do Spotify para os seus ouvidos (risos)”, afirma Paula Febbe.

“Nós, que respiramos podcast na Pod360, estamos muito felizes em saber que nossa produção e conteúdo está alinhada com os objetivos criativos e estratégicos do Spotify”, comenta Felipe Lobão, sócio e head de conteúdo da Pod360. 

No Teorias de Quinta, todas as quintas-feiras estreia uma nova história de arrepiar. Ou mesmo para rir muito. 

Uma apresentadora aterrorizante 

Paula Febbe é autora de sete livros de terror. Ela tem uma escrita brutal e bastante característica em que expõe o pior que há no ser humano, assim, na cara, sem floreios. Escolhida como um dos novos nomes do terror nacional para integrar o time da editora DarkSide, Paula ganhou diversos prêmios no cinema com o filme de curta metragem 5 Estrelas, que co-escreveu com o diretor Fernando Sanches.

Dentre eles, o Prêmio Aquisição Canal Brasil no Festival Ibero-Americano de Cinema. O filme também fez parte da seleção oficial do LABRFF, em Los Angeles e do Festival FANTASPOA, no ano de 2020, mesmo ano em que Paula foi a roteirista do documentário Fetiche, de Heitor Dhalia, também inspirado por um conto da autora. Em 2021, 5 Estrelas ainda foi finalista do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.

Comentários