Policial civil é preso e dois são afastados em operação na Chapada Diamantina

A nova fase da operação apurou fortes indícios da prática de tráfico de drogas por policiais civis lotados na 13ª Coorpin, em Seabra

Foto: Bnews


Um policial civil foi preso nesta quarta-feira (2) na nova fase da Operação Casmurro nos municípios de Seabra e Cachoeira, pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e das Promotorias criminais e de patrimônio público de Seabra, em conjunto com a Força Tarefa de combate a crimes praticados por policiais civis e militares, da Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Além da prisão temporária de um policial civil, dois outros policiais e um agente administrativo foram afastados das suas funções nesta quarta. A nova fase da operação apurou fortes indícios da prática de tráfico de drogas por  policiais civis lotados na 13ª Coorpin, em Seabra.

"A investigação revelou que os traficantes e os policiais, com o intermédio de um empresário local com grande influência na Polícia local, fecharam estabeleceram uma propina de R$220 mil e a droga apreendida não foi completamente incinerada. Assim, os policiais permitiram a colheita do restante da droga, e ainda ajudaram a transportá-la dentro das viaturas da polícia, para armazenamento em propriedade rural do empresário, até que fossem finalmente enviadas para a cidade de Salvador", informou o MP.

Bnews

Comentários