ABRE ALAS: Baby Léguas e Cafuné abrem o Carnaval de Salvador no Circuito Dodô

Primeiro da fila, bloco será comandado por grupo de pagode baiano para alegria do folião pipoca

O pagode baiano vai dar o tom da abertura do Carnaval de Salvador, no Circuito Dodô (Barra-Ondina), na quinta-feira (20), primeiro dia oficial da folia. A banda Cafuné, liderada pelo vocalista Renny Santos, vai arrastar o folião pipoca no comando do tradicional Bloco Baby Léguas, que inaugurou o Barra-Ondina, em 1987. A parceria continua na sexta-feira (21), ainda no Dodô, e segue para o Circuito Osmar (Campo Grande), no sábado.

O swing da banda Cafuné ganhou o país na década de 90. O grupo promete fazer um desfile com grandes sucessos como “Melô do Pirulito”, “Empinadinho” e “Fissura”, músicas que marcaram o Carnaval baiano e estão na ponta da língua dos foliões. “Abrir a folia em Salvador é motivo de orgulho para nós da banda Cafuné e também para o pagode da Bahia. Com toda certeza, o folião pipoca vai ter boas lembranças, além, claro, de poder se divertir com as nossas músicas”, avisa Renny.

O BLOCO Primeiro da fila no Circuito Dodô, o bloco Baby Léguas estreou no Carnaval de Salvador em 1987 inaugurando o percurso Barra-Ondina. Ao longo de 33 anos de existência, a entidade precursora do tradicional e concorrido circuito carnavalesco da orla da capital baiana sempre ocupou posição de destaque na folia e faz parte da história da festa momesca na capital baiana.

Além do compromisso de garantir a alegria dos foliões nas ruas, a organização também é engajada em causas sociais. Em 2018, por exemplo, o Baby Léguas surpreendeu os foliões ao abrir o Carnaval soteropolitano encabeçando a proteção e a defesa dos animais. Sem qualquer fim lucrativo, a entidade fechou uma parceria com a ONG Terra Verde Viva, que abriga centenas de animais vítimas de abandono e maus tratos.

O convite para a parceria partiu da própria diretoria do bloco, que conhece de perto o trabalho da ONG e doou o espaço na fila de trios para que a causa ganhasse projeção.

Fonte: Divulgação

Comentários