Novo projeto de lei permite 13º salário e 1/3 de férias para prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários
Em meio a forte crise financeira, votação na Câmara aprova novos benefícios para políticos conquistenses
Política - 6/12/2017
+notícias

(Foto: BRG)

A Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista aprovou, na manhã desta quarta-feira (06), um novo projeto de lei que permite pagamento do 13º salário e 1/3 de férias para prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários.

O projeto foi aprovado quase por unanimidade. Apenas dois vereadores, David Salomão (PTC) e Rodrigo Moreira (PP), foram contrários. Moreira usou a atual crise orçamentária e as péssimas condições de trabalho no país como argumento para contrariar a decisão:

“Com um presidente ladrão roubando os direitos trabalhistas dos cidadãos, com um salário mínimo indecente que não permite o povo sobreviver com decência, crise econômica pesada, não acho que é o momento certo de criarmos mais essa despesa para o cidadão pagar”, declarou.

Já Salomão falou sobre o alto número de desempregados no Brasil, mostrando ser contra a aprovação desses benefícios:

“Por uma questão interna eu não concordo, porque estamos atravessando um período de crise. Temos 30 milhões de desempregados, nós já temos o recesso parlamentar. Então, particularmente nós não concordamos com esses benefícios no momento e na conjuntura atual que se passa o país”, afirmou.

Em contrapartida, o vereador Luciano Gomes (PR) afirmou não haver ilegalidade no projeto e que a Justiça teria confirmado que é um direito.

A decisão passará ainda pelo prefeito de Vitória da Conquista. Em caso de aprovação, o Projeto de Lei funcionará prontamente, com os benefícios sendo pagos já a partir deste ano.

  • Facebook
  • Twitter