Sem surpresas, Tite convoca os 23 que vão para a Copa do Mundo; Confira os nomes
A praticamente um mês da estreia da Copa do Mundo, o técnico Tite anunciou, nesta segunda-feira (14), os 23 jogadores que irão compor o elenco da seleção brasileira na competição
Esporte - 14/05/2018
+notícias

(Foto: André Durão)

Na tarde desta segunda-feira (14), Tite fez sua convocação para a Copa do Mundo da Rússia. Dos 35 nomes o técnico da seleção brasileira anunciou apenas os 23 convocados, deixando os nomes dos 12 suplentes em segredo. Era esperado alguma surpresa na lista, o que não aconteceu.

Tite manteve os mesmos nomes das últimas convocações. Para a vaga de Daniel Alves, levou Danilo. Alguns nomes geraram controvérsias entre torcedores e comentaristas esportivos, como os de Cássio (goleiro), Fágner (lateral-direito), Fred (meia) e Taison (atacante). Boa parte das críticas se deve ao fato de existirem nomes em melhores fases para cada opção.

Confira a lista completa:

Goleiros: 

Alisson (Roma)

Ederson (Mancheste City)

Cássio (Corinthians)

Zagueiros:

Miranda (Inter de Milão)

Marquinhos (Paris Saint-Germain)

Thiago Silva (Paris Saint-Germain)

Pedro Geromel (Grêmio)

Laterais:

Danilo (Manchester City)

Fágner (Corinthians)

Marcelo (Real Madrid)

Filipe Luís (Atlético de Madrid)

Meias:

Casemiro (Real Madrid)

Fernandinho (Manchester City)

Paulinho (Barcelona)

Renato Augusto (Beijing Guoan)

Fred (Shakhtar Donetsk)

Philippe Coutinho (Barcelona)

William (Chelsea)

Atacantes: 

Neymar (Paris Saint-Germain)

Gabriel Jesus (Manchester City)

Roberto Firmino (Liverpool)

Douglas Costa (Juventus)

Taison (Shakhtar Donetsk)

Apesar de não ter divulgado a lista de suplentes, Tite admitiu a presença de Dedé, recém-recuperado de uma lesão que o deixou sem condições totais de jogo nos últimos 2 anos. Mesmo em segredo, alguns nomes não são difíceis de imaginar, como os do goleiro Marcelo Grohe (Grêmio), dos laterais Rafinha (Bayern de Munique) e Alex Sandro (Juventus), do meia Arthur (Grêmio) e do atacante Luan (Grêmio).

Durante a coletiva, Tite admitiu considerar o Brasil como um dos favoritos ao título da maior competição de futebol do mundo: “O Brasil é um dos favoritos, sim, pelo futebol apresentado, pela consistência da equipe, com transições rápidas. Cada um coloca sua verdade. Não se trata de ser humilde ou arrogante, mas de ver a verdade”.

A seleção canarinho estreia na Copa no dia 17 de Junho, às 15h00, contra a Suíça, em Rostov.

(Imagem: Infoesporte)

  • Facebook
  • Twitter