ʹNão fiz por maldadeʹ, diz operador de câmera que vazou nudes da atriz Paolla Oliveira
O funcionário destacou que enviou as imagens sem nenhuma "maldade" em um grupo de amigos, e não tinha a intenção de que elas viralizassem na internet
Notícias - 13/03/2018
+notícias

O operador de câmera, que não teve o nome divulgado, que participava das gravações da série “Assédio”, da Globo, responsável pelo vazamento das fotos da atriz Paolla Oliveira nua, pediu desculpas à artista.

Em entrevista o R7 ele afirmou: “Eu mandei uma carta para a produção executiva do projeto, para eles enviarem para ela, justamente para eu me retratar para ela. A única pessoa com quem eu preciso me retratar é ela, eu não devo explicação para mais ninguém”.

O funcionário destacou que enviou as imagens sem nenhuma “maldade” em um grupo de amigos, e não tinha a intenção de que elas viralizassem na internet. “Mesmo eu pedindo para ninguém postar… Era só para mostrar, não era para viralizar. Era um grupo de amigos que tinha um ou outro que eu não conhecia, e provavelmente as pessoas que eu não conhecia passaram para frente e me prejudicaram”, disse.

Ele ainda contou que está tentando superar o ocorrido. “Eu estou tentando ainda me reerguer dessa história. Imagina para um profissional com 25 anos de profissão ter que lidar com esse tipo de situação nesse momento da vida e ter que recomeçar minha vida toda. Eu pretendo me reerguer, porque eu não fiz por maldade e eu não quero que isso seja exemplo de conduta para ninguém. Eu estou completamente arrependido”, destacou.

Atriz e emissora comentam o caso

Após o vazamento, a atriz Paolla Oliveira utilizou suas redes sociais para comentar o fato. Ela pontuou a atitude como “invasão de privacidade”, “desrespeito a um ambiente de trabalho”, “criminosa” e “desonesta de trair a confiança de colegas”.
Já a emissora divulgou uma nota de repúdio e afirmou não poupar “esforços para que sejam identificados os culpados e aplicadas as punições previstas na lei”.

  • Facebook
  • Twitter