Agito, áreas lotadas e muita sofrência foram destaques no Show de Wesley Safadão e Marília Mendonça em Vitória da Conquista
Wesley Safadão, Marília Mendonça e as Donas do Bar agitaram a multidão que marcou presença na Arena Miraflores. Marília Mendonça conversou com a Mega e nos contou sua paixão pelo twitter e sobre a identificação das mulheres com suas músicas: "Saber conversar com elas, a verdade delas"
Notícias - 9/11/2017
+notícias

Na madrugada desta quinta (9), Marília Mendonça, Wesley Safadão e as Donas do Bar agitaram Vitória da Conquista.

Edy Show e o Tôa Tôa foram os realizadores desta festa que marcou a história de eventos no município, tanto pelas atrações quanto pela organização geral. E o resultado não poderia ser melhor, todas as áreas: Pista, Camarote VIP e Camarote Ballantines estavam lotados.

Com apenas oito meses de carreira, o grupo As Donas do Bar foram responsáveis por abrir o evento e seguindo o movimento do “feminejo”, as meninas cantaram suas músicas e diversos sucessos já consagrados de outros artistas.

Logo após, a Arena Miraflores foi tomada pelo sertanejo da goiana considerada a “Rainha da sofrência”. Marília Mendonça antes de subir no palco deu uma entrevista exclusiva para a MEGA.

A cantora que voltou recentemente a publicar em seu twitter comentou que a rede social é uma ferramenta que serve como termômetro com seu público despertando o interesse primeiramente pela pessoa que ela é. “Eu sempre gostei muito de rede social, sempre fui muito assidua, a galera sabe e isso me faz muito bem. Eu tava conversando com uma galera, alguns artistas e disse que era legal fazer com que a pessoa se interessasse primeiramente pela sua pessoa, te conhecer como pessoa ali na rede social e depois ir atrás de suas músicas. Isso cria um carinho, já que as pessoas querem saber do seu dia a dia, do que você pensa de verdade e não só fotos de shows.”

Ao ser questionada se o fato de escrever suas músicas baseadas em suas vivências colaborou para a identificação das mulheres e consequentemente o sucesso, Marília destacou: “Com certeza! É o ponto alto de tudo isso de contar a própria verdade. Como eu não me identificava com músicas românticas cantadas por mulheres de histórias que davam certo (eu acho que muita mulher não se identificava, até a maioria, infelizmente a nossa vida não é um conto de fadas), hoje em dia anda difícil se relacionar com alguém, anda difícil encontrar alguém que seja fiel que te respeite, então eu acho que as mulheres se identificaram bastante e o que faltava era isso mesmo. Saber conversar com elas, a verdade delas”.

O “Safadão” mais amado do país foi o terceiro a se apresentar no evento. Com o mau tempo em Vitória da Conquista, o cantor teve que pousar seu jato em Ilhéus e vir de carro. Por conta disso, o artista não teve como atender a imprensa e se apresentou para a multidão que mesmo com o dia claro não foi embora.

Cantando seus sucessos, Wesley Safadão colocou todo mundo pra dançar e cantar suas músicas em pleno aniversário da cidade.

EM BREVE AS FOTOS DO EVENTO SERÃO POSTADAS AQUI NO SITE

  • Facebook
  • Twitter