Suspeito de agredir atriz trans no sul da Bahia é ouvido pela polícia

Caso aconteceu em Caraíva, distrito turístico de Porto Seguro

Foto: Reprodução/Redes sociais


A agressão à atriz trans Marcella Maia, ocorrida em em Caraíva, distrito turístico do sul da Bahia, teve mais um capítulo. O homem suspeito de agredir a atriz  foi ouvido nesta segunda-feira (27), na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Porto Seguro. Detalhes do depoimento não foram divulgados.

Marcella Maia chegou a gravar um vídeo para a TV Santa Cruz, afiliada da TV Globo onde falou um pouco sobre o preconceito sofrido. Além do suspeito, testemunhas também foram ouvidas nesta segunda.

VEJA TAMBÉM: Polícia recupera R$ 100 mil em fraudes no interior da Bahia

"Estou cansada, eu preciso falar, eu preciso não está mais com medo. Eu quero falar que a denúncia serve para a gente lutar contra isso", disse a atriz que faz parte do elenco da próxima novela das 19h da Globo, "Quanto Mais vida Melhor".

Em depoimento à policia, Marcella contou que saía da casa de amigos, quando foi abordada por um homem, que deu tapas no rosto dela, arranhou os seios e tentou enforcá-la. Ela conseguiu fugir e entrou em um estabelecimento. No estabelecimento, a atriz teria sofrido uma segunda agressão. O segundo agressor seria um homem, também ator, identificado como Tauam Moreira. Ele ameaçou Marcella de morte, caso ela não fosse embora do local. A atriz informou à polícia que acredita que o homem que a agrediu agiu a mando de Tauam. Essa versão é investigada.

METRO1

Comentários