CONQUISTA: Encontra-se em situação crítica, diz Valdemir Dias ao denunciar superlotação do cemitério do Kadija

O parlamentar cobrou da prefeita Sheila Lemos (DEM), a construção de um novo cemitério

Foto: Câmara Municipal de Vitória da Conquista


Na sessão desta sexta-feira, 24, da Câmara Municipal, o vereador Valdemir Dias (PT) cobrou a construção de um novo cemitério diante das denúncias de superlotação do Cemitério do Kadija. “Encontra-se em situação crítica. Já não suporta mais”, alertou. Ele afirmou que sepultamentos estão sendo feitos nas ruas do cemitério porque já não existe mais espaço para covas. O parlamentar cobrou da prefeita Sheila Lemos (DEM), a construção de um novo cemitério, “o mais rápido possível”, e frisou que quem mais sofre com o problema são as famílias mais necessitadas que só tem o Kadija como opção. 

VEJA TAMBÉM: CONQUISTA: Campanha de Vacinação Antirrábica será encerrada neste sábado

Em sua fala, o parlamentar afirmou que recebeu denúncias de alguns servidores que receberam o salário, mas sem o valor do reajuste e do retroativo. Dias pediu à Prefeitura Municipal que averigue a situação e garanta uma solução, “para corrigir essa discrepância”. 

Valdemir ainda criticou a morosidade da prefeitura em executar as emendas impositivas propostas pelos vereadores. Apesar de prevista em lei, Nº 2.112/2016, as emendas não saem do papel, reclama o parlamentar. “É uma lei de gaveta. É uma lei que não é cumprida”, falou. Para ele, a legislação deveria ser extinta porque não é cumprida. 

O edil ressaltou que as emendas são destinadas a ações importantes para a população, que podem resolver problemas de falta de estrutura. Ele citou emenda sua de 2018, para a instalação de alambrado e iluminação no Campo do Moita, no Morada dos Pássaros, que até agora não foi executada. Segundo Dias, a própria comunidade está se organizando para revitalizar o espaço – comprou postes e refletores. Ele ainda frisou que existem outras emendas na mesma situação.

Comentários