Após dias em estado de alerta, vulcão Cumbre Vieja entra em erupção nas Ilhas Canárias

Mesmo com erupção, chance de provocar tsunami é remota

Foto: Televisión Canárias/Reprodução


Após uma semana de alerta, o vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção nas Ilhas Canárias, no fim da manhã deste domingo (19). Por volta das 11h15 no Brasil e às 15h15 no horário local, as autoridades anunciaram o início da erupção. 

Mais cedo, ainda neste domingo, o governo das Ilhas Canárias anunciou que o vulcão estava com "nível de atividade máximo". No entanto, apesar de ter assustado baianos na última semana, mesmo com a erupção, as chances de ocorrer um tsunami capaz de afetar a Bahia e a costa nordestina são baixíssimas. 

VEJA TAMBÉM: Ex-secretário de Educação da Bahia, Adeum Sauer morre em acidente de carro

Para que um evento do tipo tenha mais chance de acontecer, pesquisadores explicaram ao Correio da Bahia que seria preciso que "parte do arquipélago escorresse para o mar". Isso geraria uma onda de grandes proporções se propagando no oceano. 

Além disso, esse mesmo vulcão já entrou em erupção outras vezes e nunca provocou nenhum tsunami, como reforçaram os cientistas. 

Neste domingo, a atividade sísmica foi intensificada, chegando a haver manifestações superficiais como ruídos e vibrações. Por isso, o governo das Ilhas Canárias recomendou que se intensifiquem as medidas remoção da população em risco. Pessoas com mobilidade reduzida foram evacuadas do local. 

Correio da Bahia

Comentários