OnlyFans: como as atrizes brasileiras estão transformando o nudes em dinheiro na rede social do momento

Desde que o inocente “manda nudes” virou moda entre os mais ousados das redes sociais, a atriz, videomaker e youtuber Emanuelly Raquel passou a ser uma das 5 mil produtoras de conteúdo da plataforma exclusiva para maiores de 18 anos

Foto: Divulgação / MF Press Global


Os planos de assinatura estão mudando o hábito de consumo dos brasileiros. Se antes eram as bebidas, maquiagens, cafés e até carros no topo da lista dos itens de desejo, hoje, ter acesso à uma foto ou vídeo exclusivo de uma atriz pornô se tornou artigo de luxo entre os brasileiros.

Desde que o inocente “manda nudes” virou moda entre os mais ousados usuários das redes sociais, ter rentabilidade tirando a roupa e enviando para pessoas dispostas a pagar pelo clique virou opção de trabalho para pelo menos 5 mil brasileiros. Os números são do site OnlyFans, que surgiu na Inglaterra em 2016, mas ganhou o mundo no ano passado, no boom da quarentena. 

Ao contrário do Instagram, que há regras de censura para nudez, no OnlyFans é permitido não só tirar a roupa, como ganhar muito dinheiro com isso. A atriz, videomaker e youtuber Emanuelly Raquel é uma das estrelas do entretenimento adulto cadastradas na plataforma. Com mais de mil seguidores, hoje a musa está no ranking 1% dos criadores de conteúdo da rede social que virou uma de suas principais fontes de renda.

Foto: Divulgação / MF Press Global

“O consumo do meu conteúdo, para a maioria dos seguidores, é tido como uma despesa mensal de recreação. Eles curtem o contato mais exclusivo, seja via chat do OnlyFans ou comentando nos meus vídeos pagos. É mais interessante que o consumo de conteúdo adulto clássico, pois o fã pode, de certa maneira, participar da vida da sua pornstar predileta”, comenta Emanuelly Raquel.

Para ver a atriz, que também produz conteúdo para Pornhub, Xvideos, Manyvids, além de fazer vídeos para um canal de Asmr no YouTube e TikTok, o usuário do OnlyFans precisa desembolsar US$ 15,99 por mês. O plano de assinatura dá acesso a conteúdo diário e lives.

“É uma plataforma interessante e voltada apenas para o público adulto. É uma maneira de rentabilizar o conteúdo de uma maneira mais rápida e segura”, completa.

MF Press Global

Comentários