Bloqueio de Moraes atropela jurisdição e instiga conflito

Após o Facebook afirmar que não cumpriria ordem de bloquear internacionalmente perfis bolsonaristas, o ministro do STF

Após o Facebook afirmar que não cumpriria ordem de bloquear internacionalmente perfis bolsonaristas, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes aumentou a pressão sobre a empresa ontem. Ampliou de R$ 20 mil para R$ 100 mil a multa diária por descumprimento e intimou o presidente da companhia no Brasil. Para especialistas, é discutível o magistrado extrapolar sua jurisdição para fora das fronteiras do país. Com suas contas bloqueadas no Brasil, tanto perfis que apoiam Jair Bolsonaro como seus seguidores puderam continuar a publicar e visualizar mensagens normalmente ao alterarem configurações de localização. O Twitter atendeu ao pedido de Moraes, mas o classificou como desproporcional e anunciou recurso.

Comentários