Para combater coronavírus, deputados propõem redução do próprio salário

Ao menos quatro projetos prevendo redução nos salários dos parlamentares foram apresentados

Quatro deputados apresentaram projetos visando reduzir os salários dos parlamentares para ajudar no combate à pandemia do coronavírus.

Em resumo, três deles propõem redução de 50% do salário de deputados e senadores (atualmente fixados em R$ 33.763) e outro, do deputado Celso Maldaner (MDB-SC) prevê que toda remuneração dos parlamentares seja destinada ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Dos que pedem redução de metade dos ordenados, cada um tem suas próprias especificações:

  • A do deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) sugere que o corte se dê durante todo o período de suspensão ou redução das atividades do Congresso Nacional em razão de surtos, epidemias ou pandemias;
  • A do deputado Rodrigo Coelho (PSB-SC) sugere que o corte se dê durante todo o período de emergência de saúde pública internacional relacionado ao coronavírus e suas mutações;
  • Por fim, a do deputado Ruy Carneiro (PSDB-PB) sugere que o corte se dê por três meses "em período de restrição à movimentação e contato pelo motivo da pandemia da covid-19";

Todas as quatro propostas ainda não foram distribuídas às comissões e, havendo acordo, poderão passar por análise pelo Sistema de Deliberação Remota do Plenário da Câmara.

Comentários